Um todo no agora - GOSTEI!

Compartilhando o melhor para você

Hot

Post Top Ad

11 de jun de 2008

Um todo no agora

O amor dos dois teve um início com um tempero apimentado, pois é aceitável, por normal, que a paixão tenha a sua ardência. O tempo, entre o findar e o recomeçar a cada dia, foi condimentando esse amor na medida ideal para um saborear constante. E saborearam-se entre as mais diferentes oferendas do amar sem fronteiras, e não se sentiam fartos. Ao contrário, havia sempre mais espaço para o desejo de deleitar-se, e repartiam o prato do bem-querer, num sabor e intensidade própria a cada boca sôfrega.
Era um amor sem excessos supérfluos, num excessivo doar-se e receber, gozar e se dar ao gozo do outro, num oferecer saboroso e belo e tanto enquanto se achavam a sós. E nesse degustar-se mútuo, faziam-se dependentes do amor idêntico. Eram intuitividade plena, sem racionalidades, pois não cabe ao amor deter-se em razões. A razão, sim. A razão precisa do amor. Só com o amor a razão não desanda para o desatino. Só com o amor impregnado em si, a razão se humaniza.
Amavam-se. A vida tinha um sentido a mais. E era-lhes de um sabor bem temperado ao apetite insaciável dos sentidos. Assim se sentiam realizados, um bocado a cada dia, um todo no existir do agora.

Osair de Sousa

7 comentários:

Priscilla disse...

meu querido, bom saber que isso aqui está vivo e com roupa nova. =)
bom saber que ainda tenho novidades para descobrir.
bjs

Pam disse...

Insessante, insaciável. Belo post.
Sempre me surpreendo e me alegro quando passo por aqui.

Beijos

Anônimo disse...

oi osair. onde está escondendo tuas palavras? ou melhor... onde você está se escondendo? não consigo mais vê-lo. rsrs. abraço. maria.

isasidney disse...

CONVITE:

Mil desculpas, por invadir seu blog, mas convido você a visitar a Editora Biblioteca24x7, que comercializa obras pela internet (edição on-line e impressa) e buscar, na seção de ERÓTICOS, esta obra:


LUA QUEBRADA

Um romance entre o professor e sua aluna. Banal? Não o jogo de sedução e erotismo de Lua Quebrada. Além de todas as convenções, do alto grau de entrega e do encontro de dois mundos tão diversos, há um sutil jogo de poder entre os protagonistas que põe em cheque a relação entre homem e mulher, entre tesão e amor e, principalmente, entre a razão das convenções sociais e o desafio de quebrá-las em nome de um sentimento ao mesmo tempo tão irracional e tão humano quanto a velha e boa paixão.

Autor: Isaias Edson Sidney

Publicação da Biblioteca24x7.

ISBN: 978-85-61590-45-1

Só disponível pela Internet, no endereço abaixo:

http://www.biblioteca24x7.com.br (ÁREA, à esquerda, clique em : ERÓTICO).

LUA QUEBRADA: PARA INCENDIAR SUA IMAGINAÇÃO!

Anônimo disse...

Humm delicia de musica, esse ritmo desperta lembranças maravilhosas de momentos inesqueciveis...à quanto tempo não me deliciava com a magia de tuas palavras, que invadem meu interior, como um amante percorrendo as curvas de sua amada...
Beijos soprados ao vento, no sabor de seus desejos...

Anônimo disse...

oi Osair. pensei que ia te encontrar por aqui, mas vejo que continuas a te esconder atrás da tela... desejo tudo de bom. que Deus te abençoe amigo. abraço. maria.

Anônimo disse...

meu caro osair, como disse vim conferir de perto sua obra... se meu elogio era humilde, pois nem lhe conhecia, agora ele se torna ínfimo perto de suas palavras... nem sou digna de lê-las, acho... são de extrema beleza e mexem profundamente com o que há de mais emotivo em mim... obrigada por compartilhar, não apenas obras literárias escritas por terceiros, mas obrigada por compartilhar o que vc escreve conosco... é uma grande honra pra mim conhecê-lo, femina.

Post Top Ad