Era uma vez... - GOSTEI!

Compartilhando o melhor para você

Hot

Post Top Ad

16 de nov de 2006

Era uma vez...

Num jardim de uma casa antiga,
formigas vermelhas,
Cabeçudas;
o quintal com lodos verdes,
escorregões.
Frutas caídas
depois da chuva de ventania,
tanajuras e aleluias;
às seis, Ave-Maria,
badala o sino.
A noite é um breu:
sombras da luz de lamparina,
sombras, assombrações,
cheiro de querosene;
um rádio de pilhas
chia velhas cantigas.

Amanhece
com o som de chuva no telhado,
preguiça,
cheiro bom de café torrado
Biscoito assado...
- Infância gruda na lembrança e lambuza a alma.

[osair de sousa]

3 comentários:

fada disse...

Infância gruda na lembrança e lambuza a alma

Era uma vez o conto de fadas...que após todos os desafios vencidos finalizava no final feliz...Era uma vez crianças sentindo o mundo como se esse só fosse seu quintal e aquele pequeno tão grande espaço era na verdade um universo de belezas proporcionando todas as peraltices...Era uma vez crianças em corpos de adultos tendo que atravessar o portão deparando-se com dragões e lobos no mundo em que sua espada magica perdia seu poder o deixando fragil ante as situações...Era uma vez jovens em corpos de adultos trancafiados na prisão de seus medos, olhando a paisagem da janela, olhos brilhantes da vontade de sentir o sabor da chuva, pés enraizados no cimento do desejo do pirim pim pim devolvendo o poder de sua espada...
Era uma vez um lindo conto de fadas e seu final ah seu final era um final feliz...

Perdoe-me viajar em suas palavras mas não consigo controlar as palavras que fluem, e tbém não consigo controlar a dimensão do desejo de campartilha-las com vc...

Menino lúdico, menino criança na sua real pureza, meu anjo amado te beijo com o sabor dos ventos

Anônimo disse...

Querido amigo...
Tey blog está maravilhoso, vou ler todos os textos, com calma, um bjo no coração.

Anjo Azul

Anônimo disse...

E que infância maravilhosa.
Me idenfifiquei de pronto com seu texto.
Maria

Post Top Ad