Madrugada - GOSTEI!

Compartilhando o melhor para você

Hot

Post Top Ad

4 de nov de 2006

Madrugada

Para Kátia Storch

Insone tédio
Tédio possesso
Precede tudo
Fecundo
No útero
Da manhã
Púrpura
Anoitece mudo
E insano
Revela-se
No escuro
Assim assédio
Esse tédio
Insone
E me consome.

[osair de sousa]

2 comentários:

fada disse...

No alvorecer da minha noite
flores despontam dos céus
Pequenas pétalas prateadas
despejadas pelas mãos do Amor
tendo as cores do arco íris
nas vestes celestiais
Sussurros soltos ao vento
buscam a felicidade perdida
em tempos passados
lado a lado...
Querer-te e não ter-te
com a mãos tocando o vazio
beijos soltos na brisa
em eterna agonia de espera
vidas e vidas buscando
sentindo na alma
algo que o tempo não compreende
mas também não apaga
como o fogo que me faz viva
num sopro do amor
que se tatuou na essência
do meu ser...
Procuro entender o amor
que declamam sem jamais
encontrar sentido nas palavras
pois que amar é doar
e doando ser feliz
irradiando-se no sorriso
do ser amado
E minh´alma chora
cansada dessa procura
orando aos céus
que escutem minha voz
aquietando meu coração
na mansidão de ser amada
riscos no papel criam forma
texturas a serem acariciadas
pelas mãos vazias
da sua pele...
E assim arrisco os dias
do meu tempo
na espera incansável
de enfim mirar
as constelações
do seu olhar

Kátia disse...

Uai, para mim? De qdo é? Obrigada!Beijos!!!!!

Post Top Ad